Marketing Pessoal: Entenda o que é – Parte I

Marketing Pessoal é muito mais que apenas vender uma ideia ou fechar um negocio.
Nem Tudo é sobre o que você aprendeu, mas o que você é capaz de realizar.

Introdução

O marketing pessoal é uma ferramenta que visa vender de forma estratégica a imagem pessoal e profissional.

Esta ferramenta tem a funcionalidade de evidenciar as qualidade e talentos de uma pessoa.

Você sabe como utilizar esta ferramenta?

Confira como esta ferramenta pode fazer a diferença em sua vida.

Em primeiro lugar vamos entender a definição do que realmente é marketing Pessoal.

DEFINIÇÃO

Marketing Pessoal é um conjunto de ações planejadas que facilitam a obtenção de sucesso pessoal e profissional, seja para conquistar uma nova posição no mercado de trabalho, seja para manter sua posição atual. – Ritossa (2009, p. 17)-

Está é uma definição simples e completa, a principal ideia aqui é entender que vender uma imagem pessoal que agregue valor as pessoas.

Marketing Pessoal hoje, é a ferramenta mais eficiente de fazer com que seus pensamentos e atitudes, sua apresentação e comunicação, trabalhem a seu favor no ambiente profissional

Diferenças

Vale lembrar que marketing pessoal não tem nada haver com autopromoção pessoal.

Existe uma grande diferença entre eles, autopromoção pode soar como arrogante por falar de si mesmo constantemente.

O marketing pessoal diferente do que se pensa está além da imagem que passamos, ele se inicia de dentro para fora, se expressa nas atitudes, no que se faz e como se comporta.

A elegância é uma questão de bom gosto, mas a sua marca é uma questão de honra.
Tenha elegância, mas deixe a sua marca pessoal como referencia.

Etiqueta Empresarial não é Marketing Pessoal, etiqueta traz um conjunto de regras refinadas que podem ser aprendida por qualquer pessoa.

O marketing pessoal está ligado a essência evolutiva do indivíduo, não se aprende em qualquer lugar, isto é o autoconhecimento.

A essência está intimamente ligada as suas experiências, competências, habilidade e tudo que você se tornou na sua jornada.

A sua essência é a definição de quem você é, sem isso você é apenas mais um sobrevivendo em um mundo de desafios.

É sempre bom lembrar que o marketing pessoal é uma evolução do ser não apenas do ter, é mostrar que o valor não está apenas no que se tem.

“Não se pode deixar que as pessoas façam o roteiro, o desenho, a estrutura da sua vida e história, Esses… cada um escreve o seu”.

O marketing pessoal é muito mais que uma simples venda ou promoção, ele tem a função de construir uma marca pessoal forte.

Na maioria da vezes as pessoas tem tantos projetos, diplomas, cursos para apresentarem, que fica faltando apresentar realmente que é a pessoa por trás de tantas façanhas.

“O importante não é o que você sabe, ou o que você pensa em fazer, MAS O QUE VOCÊ FAZ A RESPEITO DO QUE VOCÊ PENSA…”

(Len Rogers)

Não resolve ter tantas patentes quando não se tem valores pessoais que apoiem o que foi feito.

É como se olhássemos a bíblia falando de jesus, mas sem os valores que ele possuía.

Olhe para todos os feitos nobres sem que houvesse alguém de valor realizando, pessoas extraordinárias fazem coisas incríveis.

Antes de começar a vender a sua imagem pessoal ou profissional, faça uma analise profunda para saber se o que esta sendo vendido tem base e conteúdo.

Recriar-se a cada instante, colocando excelência em tudo o que realiza, a pessoa deve esculpir-se para: Ser (um produto de qualidade).

Ter (habilidades e conhecimentos,…),para depois mostrar-se, vender-se.

REGRAS INICIAIS

1 – Mantenha sua imagem intimamente ligada a símbolos primários de boa educação, inteligência e honestidade. Sempre!

2 – A sua imagem jamais pode sugerir inferioridade.

As pessoas gostam, apreciam e favorecem sempre as pessoas importantes. Porém, estas mesmas pessoas, detestam as pessoas arrogantes e pretensiosas.

Assim sendo, passe uma imagem de “importância” mas na medida exata da “simplicidade”.

3 – Elogie sempre, ajude sempre, parabenize sempre. Jamais faça qualquer comentário negativo sobre quem quer que seja, principalmente se a pessoa estiver ausente.

4 – Esforce-se para ser MELHOR a cada dia, porém não O MELHOR.

Esta avaliação cabe somente aos outros fazerem.

Saiba que a imagem de “o melhor” sofre muitas contestações e é permanentemente questionada.

5 – Na sua derrota, elogie o vencedor invés de criticá-lo. Na sua vitória, elogie o derrotado invés de menosprezá-lo.

Marketing Pessoal não significa, de forma alguma, uma propaganda da pessoa, mas, uma representação da forma que a pessoa deseja ser vista pelos outros. –

LEAO, J.F.

Se você gostou deixe o seu comentário:

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Site Footer